Perguntas de pré-adolescente sobre sexo

Há uns anos atrás, voluntariei-me para ir a uma escola secundária ao abrigo de um convénio com a Escola Superior de Saúde do Porto, onde iamos discutir elementos de saúde sexual com os estudantes pré adolescentes.

Deixei uma caixa de perguntas anónimas na sala para depois podermos discutir o que mais os preocupava. As perguntas foram do delicioso ao preocupante, do sentimental ao hard core, do sério ao gozo e podem ser uma boa janela para o que passa na mente dos jovens sobre sexo e não só.

Ficam então as perguntas que me fizeram e que eu guardei durante anos para usar no módulo que dava sobre abordagem de tópicos de saúde sexual na Escola Superior de Saúde do Porto:

  1. quantas vezes é que se pode fazer por dia? Assim no máximo?
  2. como são as relações sexuais com mais de 2 pessoas?
  3. como podemos identificar alguma pessoa com estas doenças [sexualmente transmissíveis]?
  4. como saber quando alguém gosta de nós?
  5. quanto custa um preservativo?
  6. porque é que existem tantas doenças sexualmente transmssíveis?
  7. Já tiveste algum tipo de relação seual? Se sim com quem?
  8. o que é a ejaculação?
  9. o que é que é sexo?
  10. só por uma pessoa ser alérgica ao sol tem mais possibilidades de ter cancro de pele que outra pessoa?
  11. como se mete o preservativo feminino?
  12. como se pode prevenir o período?
  13. como se formam os cancros?
  14. o tampão pode ser usado mais de 2h?
  15. como podemos prevenir estas doenças [sexualmente transmissíveis]?
  16. como é que se é humano?
  17. quando é que se atinge a maturidade?
  18. a mastubação do homem é quando bate a punheta?
  19. não tenho nada contra s gays mas atos abichanados fazem-me confusão. Devo consisderar-me homofóbico?
  20. como é que o pénis cresce?
  21. A gonorreia impede a atividade sexual?
  22. como é que se penetra com força?
  23. porque os órgãos genitais crescem?
  24. A ninfomania é uma doença mental?
  25. Faz mal usar mquilhagem antes dos 18 anos?
  26. Porque é que as pessoas fazem sexo conosco sem nós querermos?
  27. Como se ganha herpes?
  28. Como se ejacula?
  29. Pode-se apanhar doenças por masturação?
  30. se se fizer sexo com mais do que uma rapariga num dia poderá haver doenças?
  31. quantos gémeos se pode ter de uma vez?
  32. Porque é que as mulheres são tão chatas no periodo?
  33. Como se descobre uma prostituta na rua?
  34. Porque é que as mulheres depois de se masturbarem poem os dedos na boca?
  35. Qual o teu sabor de preservativo preferido?
  36. O que é um preservativo?
  37. Porque é que as raparigas têm menstruação?
  38. É normal ter o corrimento frequenteente quando não se está na altura da menstruação?
  39. O que é o sexo oral?
  40. Em que idade é mais comum ter a primeira relação sexual?
  41. Qual é o sentido da vida? a sexualidade?
  42. Porque é que os rapazes são estúpidos e as raparigas não?
  43. Quando é que os rapazes atingem a maturidade?
  44. Quando os homens fazem sexo anal, o pénis fica com as fezes agarradas?
  45. Como as mulheres sabem que os homens querem algo?
  46. Existem vídeos porno porqueê?
  47. Sexo anal é agradável?
  48. Como se ganham as doenças da gonoreia, sífilis?
  49. Como faço sexo ou que é o sexo?
  50. Porque é que as mulheres gritam alto no ato do sexo?
  51. Como se faz sexo a 1, só uma pessoa?
  52. Como é que dois homens fazem sexo?
  53. Como são os sitnomas de cancro de mama?
  54. Quando se atinge a menstruação a cona aumenta ou diminui?
  55. Como se descobre um gay ou lésbica na rua?
  56. Uma mulher pode fazer sexo quando está grávida?
  57. Quando um mosquito mrde alguém com SIDA ele fica com SIDA?
  58. Como obter uma namorada russa sabendo apensa 10 palavras em russo? (o google tradutor não é confiável)
  59. Pode-se fcar com alguma doença sexualmente transmissível engolindo esperma?
  60. O que é a gordura?
  61. Como acabar com a menstruação?
  62. Se um amigo já fez sexo, como reagir?
  63. Mas porque é que as pessoas fazem sexo? porque gostar de sexo? Que prazer tem o sexo?
  64. Porque é que os rapazes se desenolvem mais tarde que as raparigas?
  65. Os homens usam pénis de borracha?
  66. Porque é que as pessoas fazem sexo anal e oral, porque fazem contacto com a língua durante os beijos?
  67. O que se faz na masturbação ao certo?
  68. Pode-se ganhar bichos do género de piolhos nos pelo púbicos?
  69. Porque é que as mulheres têm grandes mamas?
  70. Porque é que se faz sexo oral?
  71. É possível que as pessoas sangrem quando estão a fazer sexo?
  72. Como são as relações sxuais com mais de duas pessoas?
  73. É necessário usar desodorizante se não cheiramos mal?
  74. Quando sentimos que o nosso namorado está a “abusar” e a pedir coisas a mais, pontos que não queremos, o que faço?

 

A temática da sexualidade é cada vez menos um tabu e as escolas portuguesas (algumas, pelo menos) estão empenhadas em fazer o seu papel, ajudando jovens, especialmente na adolescência a debater e desmistificar a sexualidade.

Mas a verdade é que a educação sexual é algo que desenvolvemos ao longo de toda a vida – porque é uma parte importante da saúde de todos nós, seja ela vivenciada como for.

A sexualidade está associada a questões de identidade, afeto, intimidade, autoestima, etc. E é importante substituir comportamentos desadaptativos por comportamento adaptativos (e perceber quais são esses comportamentos para cada um de nós!).

A ideia de Educação Sexual está frequentemente associada à ideia de algum embaraço ou vergonha, a discutir questões que têm a ver com o coito e com as DST’s (docenças sexualmente transmissíveis), mas a educação sexual tem a ver com informação correta (masturbação, abuso, puberdade, desenvolvimento, orientação sexual), valores pessoais (responsabilidade, autoestima, limites, respeito, realidade vs fantasia, certo vs errado) e competências sociais (tomada de decisões, saber recusar, evitamento de situações perigosas, namoro).

Há vários tópicos cobertos pela educação sexual: consciência corporal (partes do corpo, funções e funcionamento, exames regulares, DST’s, etc), competências sociais (partilha de interesses, namoro, lidar com a rejeição, amor e intimidade), relações românticas e intimidade (pistas não verbais, namoro, consentimento), masturbação e normas sociais e reprodução e parentalidade.

A educação sexual é importante porque aumenta as competências de saúde e higiene, diminui as circunstâncias que levam a gravidezes indesejadas e DST’s, não é prejudicial e mais informação leva a maior confiança e capacidade e de tomar decisões seguras e saudáveis (Hartman, 2014; Travers & Tincani, 2010).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s