[semana pelo clima] Onde doar e vender bens usados?

Os anglo-saxónico dizem que “one man’s trash is another man’s treasure” – o que para uma pessoa é lixo, para outra é um tesouro. Juntamos a isto a responsabilidade social pelo planeta e a semana pelo clima que amanhã começa com a proximidade das limpezas de outono e torna-se óbvio que seguramente se poderá fazer algumas doações a instituições que precisam destas coisas para as quais já não temos utilidade ou espaço!

A Quercus refere que “a primeira coisa a fazer quando já não utilizamos um determinado objecto é analisar se ele chegou, de facto, ao seu fim de vida útil ou se pode ser reparado, caso esteja danificadou ou pode ser doado ou transformado noutro produto, caso esteja em bom estado”.

Acredito em ajudar quem nos rodeia, pelo que a minha primeira sugestão é que se tente doar diretamente a famílias carenciadas sejam roupas, sejam objetos. Se não conhece ninguém pessoalmente, pode sempre perguntar a amigos, familiares ou vizinhos: há sempre alguém que precisa de alguma coisa e pode ajudar-se diretamente.

As Igrejas normalmente recolhem também coisas para as suas obras de caridade e podem ser instituições a quem se podem doar coisas de forma fácil e simples. Os padres, e até catequistas, tendem a conhecer famílias carenciadas da comunidade e normalmente encaminham as roupas para quem lhes pode dar bom uso.

Além disso, perto de cada um de nós, podem existir IPSS que aceitam doações de objetos, brinquedos ou livros em bom estado, distribuindo-os depois pela comunidade local, pelas creches ou pelos jardins-de-infância da região.

Por outro lado, várias empresas e instituições, sobretudo na altura do Natal ou fim-de-ano, organizam recolhas solidárias de brinquedos, bens alimentares e outros bens, que depois entregam a organizações de economia social.

Então aqui ficam algumas soluções para:

          1. vender produtos
          2. doar bens (geral)
          3. doar roupa
          4. doar mobília
          5. doar coisas especificamente na zona de Lisboa

1. Vender produtos

Online

A venda online funciona melhor em grandes cidades do que em cidades pequenas, porque havendo mais oferta de produtos, a procura também aumenta, o que cria maior dinâmica nos sites

  • OLX – o mais popular dos sites em Portugal é bastante fácil de usar
  • Custo Justo – um site também bastante bom
  • Grupos de Facebook! – há vários e até há um Facebook Marketplace que vale a pena visitar.
  • E-bay – a plataforma mais popular no mundo também pode sr usada em Portugal
  • Attic Store – é um serviço de vendas em segunda mão! Eles vão biscar as coisas, limpam e expoem no site! Tem potencial.

Lojas físicas

2. Doar bens (geral)

Existem várias formas de doar os mais diversos produtos, nomeadamente através de iniciativas de apoio social e ao desenvolvimento:

Plataformas online

–Plataforma Dar e Receber
Para doar brinquedos, basta entrar no site do projeto, registar-se e escolher a opção “Quero Dar”. Depois, clicar em “Dar Bens” e preencher o formulário, sendo depois contactado pela instituição para combinar a entrega do artigo.

–BUS (Bens de Utilidade Social)
Para ajudar, basta juntar os brinquedos (ou outros bens) e telefonar à BUS, que vai recolher os objetos presencialmente, cedendo-os, depois, a famílias que acompanha e a IPSS suas parceiras, que podem assim rechear as suas creches, ATL ou outras instalações.

3. Doar Roupa

Plataformas online

Se quer doar roupas sem ter grande trabalho, pode contactar as plataformas Dar e Receber ou a BUS (Bens de Utilidade Social) e eles resolvem. Só tem que dizer o que quer doar e eles indicam a organização humanitária que precisa desses bens e fazem a ponte. No caso da BUS também providenciam a recolha.

Contentores de doações

Junto aos ecopontos e em diversos pontos das localidade é já possível encontrar contentores de metal (de associações de solidariedade social, municípios, etc) destinados a quem quer doar roupas.

Lojas no shopping

Algumas lojas recolhem roupas e por vezes até traduzem estas doações em descontos ou créditos para gastar em loja, é o caso da

4. Doar Mobília

5. doar coisas especificamente na zona de Lisboa

  • AMI – Centros Porta Amiga

Centro Porta Amiga de Chelas – R. Ferreira de Castro, Lt. 385 cave
Bairro da Flamenga – Zona N1 de Chelas
1900-697 Lisboa
Tel. 218 591 348
Fax: 218 394 185
E-Mail: pa.chelas@ami.org.pt
Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta-feira das 9h30 às 17h30
Centro Porta Amiga das Olaias
R. Américo Durão, loja 8 e 91900-064 Lisboa
Tel. 218 498 019
Fax. 218 464 606
E-Mail: pa.olaias@ami.org.pt
Horário de Funcionamento:De Segunda a Sexta-feira das 9h30 às 17h30

  • C.A.S.A.(Centro de Apoio ao Sem-abrigo) que é uma associação sem fins lucrativos que consegue garantir o apoio diário a mais de 2000 pessoas sem abrigo em todo o país.
    A instituição necessita de produtos alimentares não rapidamente perecíveis, roupa de homem, calçado de homem, cobertores e sacos-cama, medicamentos e produtos de higiene.
    Pode doar na Praça Marechal Humberto Delgado e os contatos são tel. 212 419 968 | 21 726 92 86 telm. 960 041 374 email info@casa-apoioaosemabrigo.org
    Mais informações Site C.A.S.A
  • A Legião da Boa Vontade, na Av Brasil em Lisboa recolhe roupa para entregar aos sem abrigo 🙂 http://www.lbv.pt/pt/rondacaridade.htm
  • Casa do Gaiato em Santo Antão do Tojal /Loures…são só miúdos que irão agradecer mto a oferta.
  • Cáritas: funcionamento: http://www.caritas.pt/site/lisboa/index.php/o-que-fazemos/loja-social-qe-dadoq
    contactos: http://www.caritas.pt/site/lisboa/index.php/contactos/caritas-diocesana-de-lisboa
    Armazém – Morada: Rua Tomás Ribeiro, n.º 50, 1050 – 231 Lisboa (Picoas)
    Horário: Quartas e Quintas-Feiras das 9:00h às 12:00h – exclusivamente para entrega de bens doados.
  • Associação de Solidariedade de Apoio a Famílias Carenciadas e aos Sem Abrigo –
  • Associação Citador de Sonhos tem por objectivos a elaboração de eventos para recolha de bens alimentares e outros para apoiar famílias carenciadas e sem abrigo e o seu âmbito de acção abrange o concelho de Lisboa podendo estender-se a outros concelhos do País. Informação geral -A Associação Citador de Sonhos é uma Associação de Solidariedade de Apoio a Famílias Carenciadas e aos Sem Abrigo.Tem por objectivos a elaboração de eventos para recolha de bens alimentares e outros para apoiar famílias carenciadas e sem abrigo e o seu âmbito de acção abrange o concelho de Lisboa.Distribui alimentos (pontualmente), vestuário; calçado; mobiliário; material escolar; brinquedos; electrodomésticos entre outros.A Associação Citador de Sonhos conta com o apoio de voluntários com carros para recolhas e entregas a famílias que necessitam de apoios e arrumações na sede. Rua da Prata , 59, 1100-413 Lisboa
  • Lisboa Freecycle®http://br.groups.yahoo.com/group/LisboaFreecycle/  – é um grupo aberto a todos os que querem reciclar um objecto em vez de o deitar fora. Seja uma cadeira, um televisor ou roupa usada. Uma regra principal: TUDO É GRÁTIS e próprio para todas as idades.
  • Centro Social da Paróquia de S. Sebastião da Pedreira (a escola dos meus filhos). Está ligado à igreja de S. Sebastião da Pedreira e recebe e distribuiu roupa e comida pelos sem abrigo que lá vão diariamente – e neste momento são mesmo muitos.
  • IN-Mouraria. É um centro social que funciona na Mouraria (duh!) e é um projecto da associação GAT, uma associação que trabalha com pessoas infectadas pelo VIH/SIDA. O IN-Mouraria funciona em dois horários distintos e trabalha com pessoas migrantes e pessoas que consomem drogas. Naquele espaço fazem-se cuidados básicos de saúde, rastreios a doenças como o VIH, Hepatites, etc (onde, nos casos positivos, se encaminham as pessoas para os hospitais e serviços adequados) e onde são fornecidas necessidades básicas (alimentação e roupeiro) acesso a material de consumo e informação sobre sexo mais seguro. Estamos sempre à procura de quem nos possa ceder roupas e alimentos, pelo que qualquer ajuda será bem-vinda.
    Mais informações aqui:
    http://www.gatportugal.org/content/default.asp?idcat=EmCurso&idCatM=Projetos&idContent=DF3508A1-F4FE-4CF4-97AE-327EEA3EAFB9http://www.gatportugal.org/content/default.asp?idcat=EmCurso&idCatM=Projetos&idContent=05A3854D-8969-48EF-9126-0B766AB0940E
  • Casa da Ameixoeira
    Situada em Lisboa, o Centro de Acolhimento Temporário Casa da Ameixoeira iniciou a sua actividade a 12 de Abril de 2004
    (Na altura, conhecida como Casa das Amoreiras)
    visando o acolhimento de 8 jovens do sexo masculino com idades compreendidas entre os 12 aos 18 anos.
    Mudou de instalações para a zona da Ameixoeira em 2005,aumentando a sua capacidade para 10 jovens.
    Morada:
    Rua Fernanda Alves, Lote 3, R/ch Esqº
    1750-014 Lisboa
    Tel: 217 551 248/9
    Fax: 217 551 189Ver mais aqui: http://www.crescerser.org/pt-pt/inicio.aspx
  • Banco do Bebé – funciona na Maternidade Alfredo da Costa e pretende apoiar famílias carenciadas que tenham um bebé (ou mais).

Referências

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s