[Fútil não é inútil] Maio: edição especial batom vermelho

No início deste ano decidi que ia usar mais o batom vermelho. Como tenho uma coleção já bastante significativa, bom, aqui vão algumas opiniões não qualificadas.

 

Kiko-Milano-311-Poppy-Red-Velvet-Passion-Matte-Lipstick-Review-6.jpg

images.png

Kiko na cor Poppy Red

Adorei este batom que já está quase no final, embora tivesse sempre que usar bastante hidratante por baixo, porque seca muito os lábios, o que por si só dá aquele ar crocante a um lábio pintado, o que não é exatamente espetacular. Não obstante a cor é incrível e tem um grande poder de fixação.

ILIABEAUTY_WildChild.png

5-Star-rating-system-PCAR-01.png

Ilia batom na cor Wild Child

Comprei este batom porque era orgânico e a verdade é que acabamos sempre por comer uma boa parte dos batons que usamos (há quem calcule que em média uma mulher come 8 kgs de batom na sua vida). Não foi espetacular de todo. Era seco, não era muito pigmentado e a cor não era espetacular. Nem sempre se pode acertar, mesmo com muito boa vontade.

ffd04d5f0ed3d5d982f8b663339ea252.jpeg

images.png

Chanel batom na cor Incandescent

Este batom é incrível. A cor não foi bem escolhida para mim (mas enfim, a culpa é minha). Não deixa os lábios secos, é prático, a cor fica e é bonito. Além disso a embalagem é linda e tem um sistema de abertura que parece que estamos a carregar num botão para abrir. Pelo preço, bem pode ser entretetaining. Defeito: tem menos produto que a maioria dos batoms, o que pelo preço significa que é mais caro por grama do que já parecia à partida…

ROUGE_TATOUAGE_COUTURE_1.jpg

5 star rating system.png

YSL Tatouage Couture Liquid Matte Lip Stain na cor 12 Red Tribe – Rich True Red

Comprei este batom porque me disseram que isto ficava o dia inteiro e só ia precisar de colocar uma vez. Em primeiro lugar: bullshit. Em segundo lugar; o produto não é mau, mas eu não sou uma pessoa da maquilhagem high maintenance. Mexo na cara, como, bebo, dou beijinhos, enfim. O batom líquido é muito bom para quem gosta de fazer um desenhinho todo bonito e contorna o lábio com lápis, mas eu não sou essa pessoa. Eu ponho batom sem espelho e em qualquer altura: o batom líquido não dá propriamente para fazer isso. O produto não é mau, mas não se enquadra no meu estilo de vida, por isso ofereci o meu a uma amiga que adora maquilhagem e que tem mesmo paciência para a coisa.

rimmel-london-the-only-1-lipstick-620-call-me-crazy.jpg

images

Rimmel London batom na cor

Comprei este produto no mesmo dia que comprei um rímel no supermercado, porque dei por mim a perceber que sou uma snob da maquilhagem e que isso não faz sentido, de um ponto de vista lógico. Não correu bem. Este batom tem um cheiro super intenso a perfume e faz-me lembrar um daqueles cheiros de avó. Pessoalmente não sou fã desse tipo de coisa e logo à partida senti como um turn off, mas tentei ser imparcial. O batom tem boa pigmentação e não seca os lábios, mas sai muito facilmente e borrata de forma ainda mais eficaz… Achei um big no no, mas apesar deste feedback uma amiga minha quis ficar com ele, por isso lá dei este produto para adoção e espero que agora ele viva feliz com a sua nova família.

 

 

images.png

Maybelline Baby Lips na cor

Não é exatamente um batom, é mais um batom de cieiro. É genial. Hidrata e dá uma ligeira cor nos lábios e na cara. É super confortável e fácil de aplicar, mesmo como uma base para um batom mais mate. Só é pena ser à base de óleo mineral, de resto, voto a favor.

benetint.jpg

5-Star-rating-system-PCAR-01.pngBenetint

É um clássico americano e eu achei que ia correr bem, porque achei que ia ser uma daquelas coisas que fica quando se põe uma só vez e já está. Mas não. É líquido, não tem grande pigmentação e não dá jeito nenhum, o pincel é de plástico e é desconfortável. Na cara tem muito poder de fixação, mas como não dá jeito nenhum a aplicar nunca consegui que ficasse bem. Nos lábios, quase não se nota e pareceu-me que seca a pele qb. Enfim… Tudo em menos bom. Por outro lado, foi uma experiência interessante… (que é o equivalente de dizer de uma pessoa que se detesta que “lá no fundo é boa pessoa”). Passei-o a uma amiga que disse que também gostava muito de experimentar este produto, mas não obtive feedback da parte dela.

m2.jpg

5 star rating system

NARS na cor Rita

Comprei este conjunto na fila antes da saída da Sephora (também denominada “a zona do demo”) onde estão os tamanhos “de viagem”. Fui comprar uma máscara de pestanas (rímel?? como é que é correto chamar-se agora mesmo??) cara porque a minha tentativa de supermercado me deixou com ar de panda em menos de 40 minutos de todas as vezes que usei. O conjunto não era caro, e eu sempre tinha querido experimentar esta marca, então o consumismo ganhou. Este batom é incrível: com apenas uma passagem, pinta de forma bem consistente os lábios e fica imenso tempo. A pequena desvantagem que tem é a mesma de todos os batons mate: deixam os lábios um pouco secos. Dou na mesma 5 estrelas porque o nível de desidratação é baixo para a quantidade de tempo que o batom fica, porque a cor é fantástica e porque o nível de pigmentação é mesmo fabuloso.

 i-027165-lip-pop-matte-ruby-pop-1-940.jpg

images.png

Clinique na cor Poppy Pop

Comprei no mesmo acesso de consumismo que comprei o conjunto da NARS, extamente com a mesma lógica “olha que boa ideia, que isto permite-me experimentar um batom novo sem gastar muito dinheiro e além disso fico com a possibilidade de ter um tudo em cada carteira, não vá eu esquecer-me do batom em casa” (esse enorme cataclismo). É um pouco mais claro que o Rita da Nars, é hidratante e tem boa fixação. O tamanho de amostra da Clinique no entanto resultou num tubo demasiado fino para ser confortável na aplicação.

50418801_max.jpg

5 star rating system

Dr Hauschka na cor 3 – Peónia

Super hidratante, com ótimo poder de fixação, um ligeiro cheiro a óleos essenciais (deteto especialmente a cânfora) e é órgânico – toquem os sinos!! A cor não é muito vibrante, mas também é bom um tom vermelho menos gritante para variar (é um vermelho que ainda assim consegue ter o seu quê de discreto). 5 estrelas.

 

Note to self: “Batons vermelhos novos, agora só em 2020, sodona Helena.”

4 thoughts on “[Fútil não é inútil] Maio: edição especial batom vermelho

  1. Olá Helena gostei bastante dos teus desafios, eu própria também gosto de me desafiar não como tu fazes acho que é preciso ter uma determinação enorme, gostava de conseguir. Já vi que só publicas um post por mês certo? E este é o teu blog principal? Também acho que deves ser um ser humano bastante interessante vou seguir o teu blog por ultimo já tens os meses todos organizados? Beijinhos

    Like

    1. Olá Alexandra! Muito obrigada pelos comentários 🙂 De facto este é o blog em que escrevo mais – suponho que simplesmente tenho tido outros hobbies que acabam por não me deixar muito espaço adicional (se o fazem de forma mais ou menos meritória é altamente questionável :))). Não é preciso uma enorme determinação, só curiosidade e vontade de aceitar que às vezes se falha e isso não é um problema, é só parte da experiência 🙂 Não tenho os meses organizados, tenho umas ideias, mas vou fazendo as coisas à medida que fazem mais sentido para mim :)) Abraço!

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s