[mais saúde] janeiro, 2017

Depois de fazer as reflexões do ano, optei por seguir apenas 3 dos pontos que tinham resultado bem para mim, considerando o princípio da parcimónia. 

Effectiveness_vs_Simplicity

Usei os princípios mais fáceis, inicialmente: comer 3 vezes ao dia, fazer exercício regularmente, comer muita fruta e legumes.

tantrum child.jpg

O que me aconteceu foi o mesmo que em outras alturas em que consigo fazer bem aquilo que acho que é mais saudável: o meu organismo descompensa. Mais especificamente fico emocionalmente alterada e o meu sistema digestivo não reage bem. Interpreto isto como uma forma de o meu corpo dizer que acha lindo eu comer muita fruta e legumes e não comer doces, mas se calhar é melhor eu fazer isto mais gradualmente que ele não está para este nível de frescura.

E pronto, depois de um episódio em que eu chorei baba e ranho porque alguém disse que não ia ao lançamento do meu livro, parei numa pastelaria, comi um bolo e isto passou-me. Então deixei de ser rígida e passei a comer às vezes 4 vezes por dia e a comer coisas doces mais vezes (mas tentando reduzir gradualmente a quantidade e melhorar a qualidade).

Super-Green-Granola-Smoothie-1.jpg

Durante o mês voltei a fazer batidos de fruta e espinafre ou cenoura de manhã; quando incluo uma banana e fica tipo papa (delicioso!) ponho umas colheres de granola da Serra Mel em cima e uma sementes; quando não uso banana faço papa de aveia com chocolate e leite de coco (melhor que Nestum chocolate!!) para acompanhar o super smoothie matinal. Ao almoço e jantar tento sempre incluir uma sopinha e é até aí que se estende o meu atual juramento de Hipócrates (e já não vai nada mal!).

O meu sistema digestivo frequentemente acha que isto é uma overdose de saúde e manda-me literalmente a um sítio feio com demasiada frequência, pelo que tenho de alternar com um par de dias em que o pequeno almoço é pão torrado e uma meia de leite (de amêndoa ou não), ou um iogurte, ou outra coisa qualquer deste género.

Suponho que das duas uma: ou ainda não encontrei o meu “sweet spot” da quantidade de fruta e legumes que devo comer ou ainda não habituei o meu organismo à quantidade certa. Vou dar-te mais um tempo nesta lógica, a ver como  corre.

exercise.jpg

Gostava de fazer exercício de novo, mas tenho estado de novo com excelentes enxaquecas e sinusite todas as semanas e da única vez que fui fazer exercício, aparentemente a situação piorou e deve esperar-se pela ausência de dor. Sempre a aprender.

cup of tea.jpg

Adicionalmente bebo 1 litro de chá ou tisanas quando estou a trabalhar porque me sabe mesmo muito bem e reza a lenda que também não me faz mal.

Objectives.jpg

Em termos de redução de peso, não vi diferenças este mês, mas sinto-me melhor e acima de tudo, acredito que estou a fazer melhor por mim… Não tenho tido menos dores de cabeça e não deteto nenhum sinal de que a minha saúde está melhor, mas acredito que a longo prazo estes comportamentos me vão fazer bem. Pelo menos a lógica dita que assim seja: há muito mais fruta e legumes na minha dieta do que na fase final do meu doutoramento e gosto da maneira como me sinto. A ver vamos.

Depois de ter feito de 2016 o meu ano saudável,
decidi continuar a aprender coisas sobre a saúde
e a focar-me nesta temática mais uns tempos.

One thought on “[mais saúde] janeiro, 2017

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s